Image Map

segunda-feira, 19 de maio de 2014

Case Pão To Go

PÃO TO GO

Imagine a vontade de comprar pão na padaria com a vontade de achar uma vaga na rua, frustrante não? e dependendo da “padaria” é preciso ter muita sorte para estacionar.

E foi nessa dificuldade que o empresário Winston Ricetti, 37 anos, do interior de SP, São Carlos, em 1999 teve a grande ideia de abrir uma padaria drive-thru.


A história se resume no fato de sua mulher ter pedido para comprar pães, e então foi ele, seu filho e o cachorro de carro encontrar uma padaria mais próxima, pois bem, todas lotadas, impossível de estacionar, foi então que ele decidiu ir ao supermercado mais próximo e comprar por lá, resultado? A demora foi tanta que o seu cachorro urinou em todo o carro, imaginem o “stress” que ele passou.



Foi aí que pensou em investir nesse novo modelo de se comprar pães, a PADARIA TO GO, que além de servir pão quente em 7 minutos, vende mais de cem produtos, num processo ágil, onde o cliente escolhe o produto e paga da maneira mais rápida possível, praticidade total!


A unidade atende cerca de 220 clientes por dia, e cada cliente gasta em média R$ 10,50.




Winston já possui 3 unidades do Pão To Go e 6 franquias da marca, e ainda conta que o faturamento foi de R$ 3,2 milhões em 2013.

Case de Sucesso: Inovou o modelo de padarias convencionais!!

Fonte de pesquisa: Revista Pequenas Empresas Grandes Negócios, Abril/2014.